Jump to: site navigation, content


Language selection


Convento São Francisco de Mértola

Perguntas Frequentes

Quem pode inscrever-se nas residências artísticas?

Artistas - plásticos, escritores, cineastas, músicos e outros relacionados com áreas culturais.

É necessário ter algum projecto em mente?

Não é requerido um projecto prévio, mas o Convento gosta de ter conhecimento de um pequeno plano geral de um projecto, mesmo que seja um projecto piloto, com as ideias e os objectivos principais. O Convento espera que a sua atmosfera também dê aos interessados alguma inspiração.

No entanto é dada preferência àqueles que tenham experiência comprovada no campo artístico. O Convento também aprova propostas criativas, entusiastas e inovadoras na esperança que aqui se desenvolvam novos trabalhos.

Aceitam-se inscrições em Inglês.

São necessárias cartas de recomendação?

Não.

Quanto tempo demora o processo de selecção?

O processo demora cerca de 1 mês.

Oferecem algum tipo de apoio financeiro?

O Convento é um organização não lucrativa e independente. A maior parte dos residentes artísticos receberam bolsas de escolas ou instituições, ou então fundos do seu país nativo.

Quanto tempo costuma ficar um residente?

Depende do projecto, mas normalmente os residentes optam por ficar 2 meses. Há uma estadia mínima de 2 semanas e uma máxima de 2 meses. Podem ser acordados períodos mais longos

Que tipo de alojamento existe?

Por favor consulte a página sobre alojamento. Há uma série de opções e preços, dependentes das escolhas dos residentes.

A que partes do Convento se tem acesso?

O Convento tem 40 hectares de jardim, rio e terreno em volta. Todos podem ser usados para trabalhar, meditar ou como fonte de inspiração. Algumas áreas estão fechadas na altura da procriação das aves. Encorajam-se os residentes a não usarem só os estúdios mas também o Convento.

Podem ser recebidas visitas?

As visitas podem vir se pagarem um extra, mas devem respeitar os outros residentes e não perturbar o ambiente de calma e tranquilidade.

Qual é a melhor altura para ir?

O Alentejo tem um bom clima durante quase todo o ano, mas as temperaturas à noite no Inverno podem ser negativas.
Os melhores meses são de Março a Junho e de Setembro a Dezembro.

Existe aquecimento no Inverno?

Os estúdios têm lareira, os sacos de lenha podem ser comprados por uma baixa quantia de dinheiro. Em Portugal o Inverno não é longo (cerca de 3 meses) e é uma boa altura para vir ao Convento.

O preço inclui os gastos de gás e electricidade?

Sim, mas no Inverno as botijas de gás são pagas pelos residentes por uma baixa quantia.

Onde se pode arranjar transporte?

Há táxis em Faro e em Lisboa, ou em Beja há um autocarro.

O acesso ao Convento é fácil?

A beleza do Convento consiste exactamente na sua localização geográfica. Uma área calma e genuína de Portugal. Há autocarros diários para Lisboa (240km), Beja (50km) e Algarve (70km).

Há toalhas de banho e roupa de cama?

Sim

Há mosquiteiros?

Sim, se bem que não há muitos mosquitos.

Há cozinha?

Os estúdios têm uma cozinha e ou partilha da cozinha pode ser possível.

Há utensílios de cozinha e loiças?

Sim

Onde se pode comprar comida?

Em Mértola há mercearias, um mercado e mini - mercados. Há várias caixas multi-banco.

Pode se jantar no Convento?

Normalmente os residentes fazem as suas refeições. Se pedido, os jantares podem ser preparados pelo Convento ( 12, 50 €, com um aviso de um dia de antecedência). Para grupos de músicos ou outros grupos é preparado um serviço especial de catering.

Quantos artistas se encontram normalmente em residência?

Depende da altura do ano e de outros factores. Se um residente ficar alguns meses pode assistir a períodos de movimento e a alturas de muita calma. O Convento é um local sociável, mas também um refúgio para trabalho.

Há acesso à internet?

Sim, há um computador para aceder à internet e Wi-Fi para computadores portáteis.

Onde se podem comprar materiais para trabalhar?

Alguns materiais standard podem ser comprados em Mértola e em Beja há uma boa loja. O Convento encoraja os residentes a utilizarem materiais que encontrem no terreno e a trazer também materiais com eles.

Pode-se expor no Convento?

Sim, o Convento recebe exposições na capela/galeria e nos jardins, mas o artista deve pedi-lo assim que chegar.

O que mais há para fazer?

Há muito mais para fazer, com os acessos que há a outros locais no Alentejo, pode visitar muitas zonas interessantes. Mértola tem muitos museus, além da canoagem, das viagens de barco e da vida nocturna nos bares. Há também vários restaurantes com muito boa comida.

Contacte o Convento em caso de mais dúvidas:


Site navigation